Gleisi viaja na maionese da conspiração

Gleisi Hoffmann, essa mente brilhante, resolveu pegar carona na notícia de que Mike Pompeo, o secretário de Estado dos EUA, prometeu ajuda aos “governos legítimos” da América Latina contra manifestações violentas.

Para a petista, são “sinais” de que os americanos “apoiarão repressão de Bolsonaro contra manifestações, atuarão com seus amplos meios informáticos para coibi-las, darão suporte ao fechamento de regime e trabalharão para prender Lula de novo”.

No Brasil, não há nem sequer manifestação por enquanto, quanto mais “repressão de Bolsonaro” –mas Gleisi vai longe e já sonha com “os EUA prendendo Lula”.

Viajar na maionese da conspiração é isso aí.

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.