“Há dinheiro público por trás dos ataques virtuais”, diz Joice

No início de sua exposição na CPI das Fake News, Joice Hasselmann disse que há uma organização criminosa por trás dos ataques coordenados de bolsonaristas na internet.

Ela disse que “há infelizmente dinheiro público por trás disso”, mas que ela não envolveria a Presidência da República.

“Minha intenção não é manchar a imagem da presidência da República. Ajudei a eleger esse presidente e parte da bancada do PSL. Fiz vídeos, chamadas, inclusive para os três que estão aqui. O que vou mostrar é fruto de investigação que comecei a fazer com mais intensidade depois que virei alvo de ataques coordenados na internet. Há infelizmente dinheiro público por trás disso. A Presidência estará preservada por conta do que precisamos do nosso país. Mas a organização criminosa na internet precisa ser exposta”, disse.

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.